Todos os poemas são da minha autoria a sua utilização só poderá ser feita com a minha autorização.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

«A destreza»

Acho que uma vez,
Sem dar por isso,
Percebi talvez,
Que podia dar nisso
Quase de certeza,
Estava quase certo,
Mas tinha a destreza,
Percebendo o aspeto,
Deixei andar,
Esperei o momento,
Voltei a tentar,
Com o mesmo alento,
Para encontrar,
O que já sabia,
Ou poder confirmar,
Que ainda existia.

terça-feira, 22 de agosto de 2017

«Conseguir otimismos»

Por vezes apetece,
Sair sem um rumo,
Deixar o que parece,
Sem grande aprumo,
Perceber a liberdade,
Sem protagonismos,
Saber a verdade,
Conseguir otimismos,
Viajar sentado,
No mesmo lugar,
Ficando espantado,
Num breve pensar,
Apenas existir,
Com aquilo que quero,
Ou saber sorrir,
Quando for sincero.


segunda-feira, 21 de agosto de 2017

«As aceitar»

Aquilo aconteceu,
Sem dar por isso,
No que ainda deu,
Ou de que valeu isso,
As coisas normais,
Que nos fazem pensar,
Nunca são demais,
Se as aceitar,
Quando pensamos,
Que as podemos mudar,
Logo assentamos,
Num mesmo lugar,
De aspeto comum,
Com jeitos humildes
Que tenha alguns,
Gestos dos simples.

domingo, 20 de agosto de 2017

«Que acredito»

Deixa estar,
Que eu fico bem,
Escolhi confiar,
No que ainda tem,
O que for acontece,
Se tiver de ser,
No que ainda parece,
Ou quero ter,
Mas sou persistente,
No que acredito,
Quero algo diferente,
Ser expedito,
Ainda que aceite,
As tuas manias,
Com elas endireite,
As demais alegrias.

sábado, 19 de agosto de 2017

«Quando conhecem»

Espero por ti,
De pé ou sentado,
Sei que o senti,
Que foi explicado,
Mas quando conhecem,
Aquilo que somos,
Depressa percebem,
Quem ainda fomos,
Bem determinados,
Que assim foi melhor,
Se estamos espantados,
Com tanto valor,
Vamos embora,
Com aquilo que temos,
Se esperas lá fora,
No que entendemos.


sexta-feira, 18 de agosto de 2017

«Ideia clara»

Ainda entendo,
O que me apetece,
Se me compreendo,
No que aparece,
Em cada momento,
Ou decisão tomada,
Que tem no alento,
Uma ideia clara,
Daquilo que quero,
De melhor para mim,
Por quem ainda espero,
Para dizer sim,
Que ainda estou,
Se me esperares,
Contigo ainda vou,
Se te superares.

quinta-feira, 17 de agosto de 2017

«Podes confiar»

Anda comigo,
Se quiseres falar,
Sou teu amigo,
Podes confiar,
Nas minha palavras,
Encontras a estabilidade,
Sei como estavas,
Qual era a verdade,
Mas estás melhor,
Quando ficas contente,
Tens muito valor,
Numa ação assente,
Que torna a voltar,
Quando te der jeito,
Ainda vou estar,
Contigo aceito.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...